Coronavírus: hora de precaução e informação! Não há tempo para dar atenção aos Bolsonaro

O mundo está angustiado, precisamos aprender com os países que colheram bons resultados na luta contra o coronavírus. Guga Chara escreve em artigo que não são apenas ditaduras como a China que obtém algum sucesso em suas ações contra a pandemia, democracias como Alemanha e Canadá também apresentam resultados favoráveis. Não há dúvida que os países citados estão fazendo a lição de casa com seriedade. A primeira-ministra alemã informou que está é a situação mais grave desde a segunda guerra mundial. Peter Piot, estudioso do Ebola, em entrevista à CNN Londres informa que não há como eliminar o vírus sem uma vacina, e que, infelizmente, a vacina está longe de se tornar realidade. Apesar da OMS recomendar que os países façam o maior número de testes possíveis, Piot sabe da escassez de testes que as nações enfrentam e informa que é necessário reconhecer os testes como política pública essencial.

Peter Piot afirma que é necessário agir rápido e não perder as oportunidades de evitar o contágio. Não é relevante para o momento em que estamos vivendo citar a decepção gerada pela inépcia do governo federal. Winston Churchill escreveu durante a segunda guerra mundial: “o poder numa crise nacional, quando um homem acredita saber que ordens devem ser dadas, é uma benção”. No Brasil, o poder instaurado no Palácio do Planalto somente serve para dar voz aos irresponsáveis. No momento mais necessário de um presidente forte, ele descia ao escracho ao cumprimentar seus eleitores em um protesto assumidamente golpista. Como cita Mário Sérgio Cortella, é a ignorância por opção. Em meio ao caos gerado por uma doença letal, eu não esperava o governo estar criando uma crise diplomática com a China. Assim, em um sistema de freios e contrapesos, com o presidente fraco e errático os poderes legislativo e judiciário  indicam novos caminhos ao país.

Central de referência para casos de coronavírus - foto da Defesa Civil
Central de referência para casos de coronavírus em Blumenau – foto da Defesa Civil

É o tempo do governo fazer a sua parte no que tange ao fechamento de fronteiras, organização do sistema de saúde e subsídios de salários. Sem Olavo de Carvalho, o brasileiro velho guerreiro sairá maior e melhor. A imprensa, os poderes legislativo e judiciário, o SUS, e a população encaram com seriedade e solidariedade o caos instalado no mundo. A situação irá passar da mesma forma que as tempestades passam. Para tanto, precisamos nos cuidar, cuidar dos outros e parar de dar atenção aos irresponsáveis que somente atrapalham. Enquanto ouvimos informações de qualidade para assimilação das notícias essenciais, eles que escutem os sons das panelas e façam o trabalho esperado pela população, porque histeria é a falta de informação do presidente da república.

2 Comentários

  1. Que pessoa mais sem noção essa que escreveu a matéria. Ou não vive aqui ou não está acompanhando toda movimentação do governo federal…
    Mais uma matéria enganosa e com cunho político.😠

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome