Construído assim…

Enquanto existem engravatados debatendo o fim do sistema único de saúde, existem homens e mulheres desesperados implorando por mais saúde. Verifica-se que é notório que o Brasil é o país das desigualdades, mas é notório que o país foi idealizado para ser o país das desigualdades?

O ministro Paulo Guedes desabafou. Informal e com seu jeitinho carioca, como em uma conversa de boteco, colocou para fora o pensamento que lhe incomodava: viajar não é um direito de todos, prosperidade não é um direito de todos. Aliás, este não é somente o seu pensamento, mas é o pensamento de muita gente.

Os ricos e pobres estão distantes e não há interesse em aproximação. O filme Parasita exemplifica o exposto em uma cena comovente: enquanto a parte pobre da cidade luta para salvar os seus móveis devorados pelo alagamento decorrente chuvas, a parte rica comemora o ar puro causado pela mesma tempestade. A desigualdade é um problema mundial, Leandro Karnal explica que na independência dos Estados Unidos havia medo que o ideal de liberdade inspirasse os negros e pobres.

Porém, há a impressão que no Brasil a desigualdade é ainda mais latente. Darcy Ribeiro escreveu que, se há um país no mundo construído para os mais ricos, este país é o Brasil. O historiador Leandro Karnal explica que uma das principais diferenças do Brasil em relação aos Estados Unidos é o fato do Brasil ter tido um projeto de colonização organizado e sistemático. Verifica-se que é um país de elites e construído para as elites.

Presidente da República Jair Bolsonaro e o ministro da Economia Paulo Guedes - foto de Marcos Corrêa/PR
Presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Economia Paulo Guedes – foto de Marcos Corrêa/PR

Paulo Guedes não possuí noção do que é a pobreza. O ministro fala que pobre não sabe poupar e que somente pode viajar para Foz do Iguaçu. Guedes é a cara de um país desigual. A distância entre os ricos e os pobres não é só física, mas sim cognitiva. O pulo do gato é o fato de tudo ter sido devidamente construído para ser assim.

Extraindo a essência de Darcy Ribeiro, verifica-se que o escritor nunca esteve tão certo, a desigualdade é um projeto de poder.

Um comentário

  1. Concordo que o Brasil é um país desigual feito para os ricos. Ao ler esta matéria, lembrei da lista de materiais que minha filha têm de comprar para seu filho, meu neto de 2 anos. A creche é pública, a lista é enorme, tudo o que as crianças precisam tem de ser comprado. Eu estava pensando assim, porque os vereadores que gastam dinheiro público, tem tudo para gastar. Ali não falta nada, de carro para andar até telefone para se comunicar. Sei que a comparação é entre o executivo e o legislativo, mas, o que eu me refiro é sobre a desigualdade.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome