Conheças as exigências do Sindetranscol

O sindicato dos trabalhadores do transporte coletivo prometeu parar o sistema nesta terça-feira (17) se não houvesse a presença de seguranças nos terminais. Confira na integra:

Nota do SINDETRANSCOL

Diariamente estão acontecendo brigas, ameaças, agressões morais e físicas, tráfico, e consumo de drogas, assaltos, assédio às mulheres, entre outros crimes e problemas. E o pior de tudo que tem acontecido bem debaixo dos nossos olhos, em especial dentro dos terminais urbanos.

Há mais de três anos tentamos que o Consórcio SIGA, e a Prefeitura, tomassem as devidas providências. Nada foi feito até então. Uma reunião feita recentemente pelo SIGA e SETERB, tivemos como resposta: “aguardem que estamos trabalhando para melhorar”.

Uma nota foi entregue nesta manha de terça-feira (17) nos terminais exigindo mais segurança, caso contrário irão paralisar o transporte.

As exigências:

Os terminais devem contar com seguranças profissionais (treinados, qualificados e desarmados de arma de fogo, ou branca), como vigilante profissional. Não aceitaremos motoristas, cobradores(as) ou outros(as) trabalhadores(as) sejam colocados para fazer “rondas” ou vigilância, nem mesmo para conter entradas nos terminais sem pagamento de tarifa.

Todas as linhas devem ter ponto final nos terminais ou em locais de grande circulação de pessoas, bem iluminados a noite, com banheiros, local de descanso e alimentação aos trabalhadores do sistema.
No dia 17 de Fevereiro finaliza o prazo que concedemos para que nossas exigências sejam atendidas, para implantação de medidas concretas de garantia a nossa e a sua segurança. Do contrário, vamos PARALISAR O TRANSPORTE, chamar a imprensa e a população para discutir isso tudo e exigir soluções definitivas para TODOS(AS) NÓS, TRABALHADORES(AS) E USUÁRIOS(AS).

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome