CineArte resgata época das fazendas de café

2011historias1-e1315356706120

Histórias Que Só Existem Quando Lembradas resgata o declínio das poderosas fazendas de café no interior do Rio de Janeiro. O filme desta segunda-feira, dia 23 de março, é aberto ao público no Cine Teatro Edith Gaertner (Rua XV de Novembro, 161, Centro). A sessão em parceria com o Sesc começa às 19h30 com entrada franca.

A história se passa em Jotuomba, um pequeno vilarejo fictício localizado no Vale do Paraíba, no Estado do Rio de Janeiro. Nos anos 1930 as até então ricas fazendas de café foram à falência, derrubando a economia local. Madalena (Sônia Guedes), uma velha padeira, continua vivendo na cidade. Ela é muito ligada à memória de seu marido morto, que está enterrado no único cemitério local, hoje trancado. Sua vida começa a mudar quando Rita (Lisa E. Fávaro), uma jovem fotógrafa, chega à cidade.

Saiba mais

Dia 23 de março
Histórias Que Só Existem Quando Lembradas (2011, 98 minutos, legendado, colorido. Para maiores de 10 anos)
Direção: Lúcia Murat

Dia 30 de março
Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Virtual (2010. 95 minutos, colorido. Para maiores de 12 anos)
Direção: Gustavo Taretto

Local: Cine Teatro Edith Gaertner, Fundação Cultural de Blumenau
Horário: 19h30min
Entrada franca

Assessor de Comunicação: Sérgio Antonello

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome