Centros de Educação de Jovens e Adultos ainda recebem inscrições

Pessoas que não sabem ler ou escrever ainda podem se inscrever no Programa Santa Catarina Alfabetizada. Para realizar a inscrição, basta procurar as Gerências Regionais de Educação e os Centros de Educação de Jovens e Adultos da região.

No Estado, mais de mil estudantes se inscreveram na primeira etapa. São 427 turmas em 110 municípios. E mesmo que as aulas já tenham iniciado, no início deste mês, os alunos ainda podem se inscrever e frequentar as aulas. Ao todo, são oito meses de duração.

A meta da Secretaria de Estado da Educação é alfabetizar 10 mil catarinenses neste ano. Em 2013, o Estado foi o primeiro colocado no ranking brasileiro com a maior taxa de alfabetização (96,8%).

Aos alfabetizadores e tradutores-interprete de Libras foram destinadas bolsas no valor de R$ 400, com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Os alfabetizadores que atuarem em duas turmas ativas, o valor é de R$ 600. Os alfabetizadores-coordenadores de cinco a nove turmas também recebem R$ 600.

Os alfabetizadores que atuarem na educação carcerária ou de jovens em cumprimento de medidas socioeducativas, o valor da bolsa é de R$ 500. Com duas turmas ativas, R$ 750. Os alfabetizadores-coordenadores, com cinco a nove turmas na educação carcerária, ou de jovens recebem R$ 800.

O Programa Santa Catarina Alfabetizada é uma parceria entre SED e Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi).

Em Blumenau, o Centro Educacional para Jovens e Adultos fica na Itoupava Seca e pode ser contatado pelo telefone (47) 3331-8888.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome