quinta-feira, 18 de agosto de 2022
12.7 C
Blumenau

Celesc nega cobrança adicional ou erro nas faturas de energia

Em meio a uma onda de reclamação de consumidores sobre as faturas de energia da Celesc tomaram as redes sociais neste início de 2019. Porém, a empresa emitiu nota dizendo que não houve cobrança adicional ou erro.

De acordo com a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), o “aumento na conta de luz para muitos clientes se deve, em grande parte, ao maior consumo de energia registrado nos últimos meses, especialmente pelo uso de equipamentos elétricos, como ar-condicionado e motores de piscina, em períodos de temperatura elevada.”

O avanço é confirmado pelos elevados índices na demanda de energia registrados. Desde dezembro, o recorde foi batido três vezes, em três dias seguidos – 15 de janeiro (4.875MW, 16 de janeiro (4.989,82 MW) e 17 de janeiro (5.030MW).

Por fim, a empresa afirmou que a tarifa de energia elétrica da companhia não é reajustada desde agosto de 2018 e orientou os clientes a conferir o histórico de consumo e o período de apuração da leitura na fatura recebida.

“Quando se trata de variação de consumo, o cliente pode comparar a leitura atual no medidor do seu imóvel com a leitura apresentada na fatura – a diferença entre os números indica o quanto já foi consumido de energia em kWh no período.”

Tarifa de energia mais cara (James Tavares / Secom)
Tarifa de energia mais cara (James Tavares / Secom)
Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas