Câmeras de segurança auxiliam na investigação policial

As câmeras de segurança têm sido cada vez mais importantes na solução de crimes em Blumenau. A polícia conta com imagens captadas a partir de câmeras públicas, aquelas instaladas pela Secretaria de Segurança, e as particulares, instaladas em empresas ou residências.

Não existem estatísticas sobre o número de crimes solucionados com o uso das câmeras, mas o delegado Bruno Effori, coordenador da Central de Polícia, diz que elas são importantes no apoio ao trabalho policial:

“A simples colocação de uma câmera para controle já é útil, pois pode fornecer informações importantes, além de intimidar os ladrões. Mas, para ajudar nas investigações da polícia, é preciso considerar qualidade da câmera e a resolução da imagem, além de seu correto posicionamento e gravação”.

Disseminação

As imagens das câmeras tanto privadas quanto públicas são frequentemente distribuídas à imprensa para divulgação. As cenas também ilustram uma página que a DIC, a Divisão de Investigações Criminais mantém no Facebook. Ao serem compartilhadas, também contribuem para a solução de crimes.

Embora não existam estatísticas a respeito, Effori afirma que a utilização das câmeras já ajudaram na resolução de crimes graves como latrocínios: “No caso do jovem assassinado no Supermercado Zoni, do Bairro Garcia, no ano passado, as imagens foram importantes para identificar o autor do crime através das roupas, além de servirem para a comprovação de que o disparo foi feito à queima-roupa e sem nenhuma motivação”.

Distribuição

Effori diz que as câmeras devem estar posicionadas em locais estratégicos, como entradas e saídas da cidade, áreas de maior movimento de pessoas e veículos, praças, comércio e pontos próximos de agências bancárias.

“Em Blumenau há uma grande quantidade de câmeras. No entanto, a maioria está concentrada no Centro. É necessário que esses equipamentos sejam instalados também nos bairros mais distantes na BR-470, que muitas vezes é utilizada como rota de fuga”.

Um comentário

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome