domingo, 3 de julho de 2022
14.3 C
Blumenau

Brasil registra mais de 2,4 mil casos de microcefalia

O Brasil registrou pouco mais de 2.400 notificações de microcefalia em 20 estados. Desse total, 134 tem relação com a infecção por Zika vírus, segundo o Ministério da Saúde.

Pernambuco tem 874 casos em investigação. Sergipe tem 51 casos já confirmados. Em seguida está o Rio Grande do Norte, com 35 casos, e Pernambuco, com 29. Na Paraíba também há casos confirmados. E no Ceará, houve uma morte.

Os dados são do Informe Epidemiológico sobre Microcefalia, divulgado nesta terça-feira (15), pelo Ministério da Saúde.

O diretor de Vigilância das Doenças Sexualmente Transmissíveis, da Secretaria de Vigilância em Saúde, Cláudio Maierovitch, diz que é preciso redobrar a atenção com o mosquito da dengue, transmissor da zika, da chikungunya e da dengue, principalmente neste período de férias escolares, em que muitas pessoas viajam e deixam as casas sozinhas.

Maierovicht ressaltou que as pessoas que vão viajar para lugar com incidência de Zika, de modo especial as grávidas, adotem medidas de prevenção, como o uso de repelentes e de roupas compridas, para evitar o contato do mosquito Aedes aegypt.

Para conter o avanço da microcefalia no Brasil, o Ministério da Saúde lançou nesta semana um Protocolo de Atenção à Saúde. O documento traz orientações às mulheres grávidas, ou em idade fértil, para combater a infecção pelo Zyka.

O protocolo também traz as recomendações de atendimento aos bebês diagnosticados com microcefalia e determina o atendimento regular às mães, desde o pré-natal.

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.