quarta-feira, 1 de fevereiro de 2023
28.1 C
Blumenau

Brasil dá indícios de que pode conquistar a Copa de 2022

Representando mais de 200 milhões de brasileiros na maior competição do planeta, a seleção canarinho tenta em 2022 quebrar um tabu de 20 anos e, acima de tudo apagar ou tentar minimizar, as cicatrizes da melancólica Copa de 2014.

A estrada é longa, porém o primeiro passo foi dado na última quinta-feira quando os comandados do técnico Tite venceram com sobras a seleção da Sérvia. Os gols da partida foram anotados por Richarlison que balançou as redes duas vezes.

Análise da estreia: apesar de encontrar um pouco de dificuldade no primeiro tempo da partida, a vitória foi indiscutível O placar de 2 a 0 não condiz com o que foi a partida, de uma seleção organizada e com muita maturidade e inteligência. Aliás por falar em tática, o 4-3-3 de variações do técnico Tite, mais uma vez demostrou comportamentos organizados de um time que sabe muito bem o que fazer com e sem a bola.

Richarlison marca - foto de Lucas Figueiredo/CBF
Richarlison marca – foto de Lucas Figueiredo/CBF

Destaque da partida: não só pelos gols, um inclusive de rara felicidade Richarlison foi o cara do jogo. Chamou a responsabilidade para si, e sem sobra de dúvidas pode ser denominado como o grande protagonista da estreia do Brasil.

Próximo jogo: sem muito tempo para trabalhar os comandados do técnico Tite enfrentam na próxima segunda-feira as 13h a Seleção da Suíça.

Projeção da participação Brasileira: dizer que o Brasil será o campeão ainda é cedo. Porém hoje indiscutivelmente é muito notório que essas chances aumentaram consideravelmente! A desconfiança ficou pelo caminho, o bom futebol voltou, e se tudo ocorrer dentro de um planejamento eficiente aquilo que a um tempo atras parecia impossível, hoje já voltou a ser uma grande realidade.

Confira a coluna do esporte de Blumenau, do Brasil e do mundo com Daniel Charles aqui no Farol Blumenau.

Daniel Charles Schmitt
Daniel Charles Schmitt
Daniel Charles é repórter e comentarista esportivo. Para ele, o futebol vai muito além das quatro linhas do campo.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas