Bombeiros visitam sobrevivente de soterramento no hospital

Parte da equipe que participou do resgate com o sobrevivente Ademir José Ferreira - foto do CMBSC
Parte da equipe que participou do resgate com o sobrevivente Ademir José Ferreira – foto do CMBSC

O trabalhador Ademir José Ferreira recebeu nesta terça-feira (2) a visita dos socorristas que trabalharam em seu resgate. Ele sobreviveu por horas soterrado pelo deslizamento de um muro em uma obra as margens da Via Expressa em março.

Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, a visita surpresa dos heróis foi marcada por momentos de emoção. Ademir, de 42 anos, está internado no Hospital Santo Antônio onde se recupera do acidente que matou dois colegas.

“Fico muito feliz de receber  vocês. É muito importante para mim ver as pessoas que realizaram aquela operação maravilhosa. Graças a Deus, tinham pessoas capacitadas ali. Tenho que agradecer a cada um de vocês”, relatou Ademir.

Ele já saiu da unidade de tratamento intensivo (UTI) e vem demonstrando ótima evolução no quadro médico. A emoção também foi dos visitantes. “Ver o Ademir ali vivo é uma alegria muito grande. É algo que traz um fôlego e um ânimo novo para todos da equipe. São 22 anos de bombeiro militar, e esse é um momento que irei guardar sempre comigo”, destacou o 3º sargento Pablo Maurício Tomazzia.

Já o 1º sargento Rafael Pereira Martins, chefe de socorro da guarnição que prestou atendimento, destacou a força de vontade de Ademir. “O Ademir é um verdadeiro herói. A força que ele teve para suportar todas aquelas horas, a paciência em seguir nossas orientações no momento que o encontramos, todos esses fatores foram determinantes para que ele estivesse aqui hoje”, lembrou.

A visita foi de 19 pessoas envolvidas na busca e resgate, sendo 17 bombeiros e duas profissionais da Defesa Civil A equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também compareceu ao hospital, mas foi acionada realizar o transporte de uma criança recém-nascida e precisou adiar o reencontro.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome