Blumenauense recicla 40 toneladas de óleo e gordura mensalmente

Você sabia que apenas um litro de óleo vegetal é suficiente para poluir cerca de 100 mil litros de água? E o despejo direito na tubulação contribui para a degradação de rios e mananciais e ainda acelera a degeneração da camada de ozônio por liberar o gás metano.

Óleo vegetal (Reprodução)
Óleo (Reprodução)

A blumenauense Controil Ambiental atua desde 2005 e é pioneira na coleta de óleo de cozinha e gordura na região. A captação não tem custo e conta com a aprovação e regulamentação de órgãos voltados a preservação da natureza, como a Faema e Fatma. São recolhidos 40 toneladas de material por mês para destinação correta.

“A reeducação de hábitos ecológicos é o que a gente procura despertar na população. Mostrar o impacto negativo que nós mesmos causamos ao meio ambiente”, esclarece o proprietário da empresa, Jacó José da Costa. Para ele o maior desafio é o trabalho de conscientização das pessoas.

Uma novidade é que o Bianchini Business Park, empreendimento que deve gerar 11 mil empregos, terá uma parceria com a Controil para descarte de óleo das  empresas de alimentação que ocuparem a Alameda de Serviços do parque de tecnologia. “Faz parte dos nossos princípios ecológicos respeitar o meio ambiente”, destaca o diretor de negócios do BBP, Marco Aurélio Neuwiem.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome