sábado, 26 de novembro de 2022
22.1 C
Blumenau

Blumenau terá novo pacote de obras com valor de R$ 300 milhões

O prefeito Mário Hildebrandt assinou nesta quarta-feira (26) um contrato de financiamento com o Banco para o Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata). Agora, Blumenau irá dispor de U$ 62,5 milhões para viabilizar um pacote de investimentos.

Um total de U$ 50 milhões serão financiados e U$ 12,5 milhões correspondem à contrapartida do município. Serão R$ 300 milhões em investimentos. O contrato já havia sido aprovado pelo Senado Federal e em outras etapas.

O prefeito destacou a importância dos novos recursos, que resultam no maior pacote de investimentos em obras da história de Blumenau.

“É pra mim uma alegria assinar hoje este contrato, pois foi uma meta pela qual trabalhamos muito nos últimos cincos anos, desde que assumi a função de vice-prefeito. Hoje, como prefeito, posso anunciar esses novos investimentos com a certeza de que a eles irão melhorar em muito a vida das pessoas”, afirmou.

Prefeito Mário apresentando o programa Blumenau Melhor - foto de Eraldo Schnaider
Prefeito Mário apresentando o programa Blumenau Melhor – foto de Eraldo Schnaider

Obras

Do valor total, U$27 milhões serão destinados às obras de infraestrutura na área de mobilidade. Entre elas, a implantação do Corredor Norte. O projeto prevê melhorias em cerca de 20 quilômetros de extensão ao longo da Rua Dr. Pedro Zimmermann e ruas adjacentes, no trecho que compreende a Rua 2 de Setembro até a Rua Rio Bonito, abrangendo ações de requalificação e reurbanização.

As obras integrarão o sistema viário da Região Norte ao Centro, proporcionando vias mais seguras e acessíveis para pedestres, melhorando a mobilidade e reduzindo o tempo de deslocamento, especialmente para o transporte coletivo.

Outros U$ 26 milhões serão destinados para obras no sistema de abastecimento de água, incluindo a mudança e ampliação da captação de água bruta, além da reforma e ampliação da ETA II. Em funcionamento desde 1970, a ETA II abastece 70% da população de Blumenau. Com a revitalização, o objetivo é torná-la mais eficiente, além de aumentar sua capacidade de abastecimento em mais de 40%. O restante do valor cobrirá os custos com a elaboração e posterior gerenciamento dos projetos, bem como as desapropriações.

O município terá cinco anos para a execução das obras e 15 anos para quitar o empréstimo, com quatro anos de carência.

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas