Blumenau recebe mostra de Cinema Alemão em fevereiro


O filme ‘4 dias em maio’, com direção de Achim von Borries, narra os quatro últimos dias da Segunda Guerra Mundial (Foto: Divulgação)

Blumenau e outras 20 cidades de Santa Catarina recebem a mostra Encontro com o Cinema Alemão. Com dez filmes selecionados, a mostra é uma realização do Sesc em parceria com o Goethe Institut. A entrada para a mostra é gratuita e acontece entre os dias 20 e 27 de fevereiro. Em Blumenau, os filmes serão exibidos no Auditório do Bloco J da Furb.

A mostra Encontro com o Cinema Alemão traz um fragmento da safra de filmes produzidos no final do século XX e início do século XXI no país. A programação especial é um desdobramento do ano da Alemanha no Brasil.

Os filmes configuram o recorte de um cinema articulado com as questões contemporâneas da sociedade ocidental e com dois temas de grande impacto na história do país: a Segunda Guerra Mundial e a vida na Alemanha Oriental com a unificação do país.

Obras influentes dos últimos quinze anos estão em cartaz, como ‘Adeus Lenin!’, de 2003, do diretor Wolfgang Becker, que tem como temática a queda do muro de Berlim.

Também de Wolfgang Becker, o filme ‘A vida é um canteiro de obras’, de 1997, está em cartaz na mostra. Este exibe uma sociedade movimentada pelo rock’n roll e manifestações de rua.

‘Berlin is in Germany’, de 2001, é uma obra do cineasta Hannes Stöhr e conta a história de um homem que vivia na Alemanha Oriental, mas ao sair da prisão fica diante de uma Berlim unificada.

Mais humorístico, o filme ‘Sonnenallee’, de 1999, mostra a vida dos jovens da Berlim Oriental e nas zonas fronteiriças. O filme é do diretor Leander Haußmann e retrata 1973.

‘4 dias em maio’, de Achim von Borries, narra os últimos quatro dias da Segunda Guerra Mundial. Lançado em 2011, é um filme sobre perdão, respeito, preconceito, superação, amizade e amor.

Os demais filmes abordam questões mais contemporâneas. Os filmes são: ‘Yella’, de Christian Petzold; ‘Todos os outros’, de Maren Ade; ‘O que permanece’, de Hans-Christian Schmid; e ‘Bem-vindo à Alemanha’, da cineasta Yasemin Samdereli.

A mostra proporciona conhecer, por intermédio da ficção, aspectos da vida cotidiana alemão. Também favorece o estudo e a discussão sobre as questões específicas da arte do cinema e, ao mesmo tempo, conhecer novos aspectos, novos olhares, sobre as questões do homem e da sociedade.

A data e horário de exibição de cada um dos filmes está disponível aqui.
Receba notícias do Farol em seu WhatsApp

Um comentário

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome