Início Política e Economia História Bisneta do Dr. Blumenau deseja ter restos mortais no mausoléu

Bisneta do Dr. Blumenau deseja ter restos mortais no mausoléu

A bisneta do fundador de Blumenau, Jutta Blumenau, comunicou hoje (11) ao prefeito Mário Hildebrandt seu desejo de ter seus restos mortais depositados no mausoléu em Blumenau junto com os demais descendentes do fundador da Colônia.

O anúncio ocorreu em Hasselfeld, na Alemanha, durante visita do prefeito a Europa em agendas ligadas ao turismo junto com o secretário de Turismo, Marcelo Greuel. Jutta estava acompanhada do esposo Hans-Joachim Niesel.

O prefeito explica que o pedido já havia sido feito e que sua ida à Hasselfelde apenas oficializou a questão. “Dona Jutta enviou um ofício pedindo autorização para que seus restos mortais fossem enviados à Blumenau, quando de sua morte, e colocados no Mausoléu. Esperamos que ela ainda tenha muitos anos de vida, mas foi com alegria que recebemos seu pedido e o aceitamos”, destaca.

Bisneta de Dr. Blumenau, Jutta

Jutta Blumenau

Jutta Blumenau tem 85 anos, mora com o marido em Hasselfelde, não tem filhos e é a única descendente da família Blumenau ainda viva. No dia 21 de agosto de 1990 Jutta esteve em Blumenau e recebeu o título de Cidadã Blumenauense.

Desde então não esteve mais no Brasil e também não havia recebido visita de um prefeito de Blumenau, apesar dos constantes contatos que mantém com a cidade.

Monumento Dr. Blumenau defronte ao Mausoléu. Em 1974 seus restos mortais e de familiares foram transladados da Alemanha.Hoje, personificado no monumento, Dr. Blumenau está próximo de seus ossos e familiares.
- publicidade -
Sair da versão mobile