terça-feira, 27 de fevereiro de 2024
23.7 C
Blumenau

Bebê teria morrido engasgado e não há indícios de violência

O bebê encontrado morto na segunda-feira (9) no bairro Valparaíso, em Blumenau, não teria indícios de violência sexual segundo informações preliminares da Polícia Civil. A perícia teria indicado engasgamento com líquido.

Os responsáveis chegaram a ser conduzidos a delegacia, mas foram liberados após serem ouvidos. O padrasto e a mãe alegaram a Polícia Militar que a família almoçou e foi dormir. Quando acordaram perceberam que a criança não respondia.

A delegada titular da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso de Blumenau, Juliana Cintia de Souza Tridapalli, informou que a causa da morte do bebê de um ano e meio foi por asfixia e não por sufocamento ou esganadura. Até o momento os exames também não apontaram indícios de violência sexual.

Policial civil de Santa Catarina - foto de Ricardo Wolffenbüttel
Policial civil de Santa Catarina – foto de Ricardo Wolffenbüttel

“Ainda não temos os laudos conclusivos, mas o primeiro resultado da autópsia apontou que a criança morreu por engasgamento com líquido, o que converge com o depoimento dos pais de que alimentaram a criança e depois a colocaram para dormir juntamente com a família”, disse a delegada. Alguns resultados de exames coletados também na residência podem levar até 30 dias para serem concluídos.

Outro ponto comentado pela delegada é com relação ao pai ter apertado a criança contra o próprio peito para adormecê-la. Segundo depoimento dos pais, isso teria ocorrido há cerca de seis meses e ele foi advertido pela mãe e pelo pediatra.

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas