Bandeira continuará amarela na conta de energia em janeiro

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou na sexta-feira (27) que a bandeira tarifária para janeiro de 2020 continuará amarela, o que significa um custo extra de R$ 1,343 para cada 100 quilowatts-hora consumidos.

De acordo com a Aneel, “a bandeira permanece amarela em razão do baixo nível de armazenamento dos principais reservatórios do Sistema Interligado Nacional (SIN) e pelo regime de chuvas significativamente abaixo do padrão histórico”.

O sistema de bandeiras tarifárias utiliza as mesmas cores dos semáforos (verde, amarela e vermelha) para indicar se haverá ou não acréscimo no valor da energia a ser repassada ao consumidor final, em função das condições de geração de eletricidade.

No caso da bandeira amarela, a indicação é de condição intermediária de geração de energia nas usinas hidrelétricas, por causa do volume de água nos reservatórios. A previsão é de que as chuvas no primeiro mês de 2020 vão elevar gradativamente o nível de água dos reservatórios, mas ainda em patamares abaixo da média.

Tarifa de energia mais cara - foto de James Tavares / Secom
Tarifa de energia mais cara – foto de James Tavares / Secom

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome