Apan/Blumenau força jogo decisivo, mas acaba eliminada da Superliga B

11082520_1550577788500312_5425096398125919077_n
Blumenau luta bravamente, mas é eliminada da Superliga B pelo Foz do Iguaçu (Foto: Divulgação/Apan/Blumenau)

A Apan/Blumenau perdeu a sua invencibilidade como mandante na Superliga B da pior maneira possível: dando adeus à competição e à chance de retornar à elite do Voleibol brasileiro. Em um final de semana com dois confrontos no Ginásio da Barão, a equipe foi eliminada pelo Foz do Iguaçu na melhor de três partidas.

O caminho de Blumenau nos playoffs começou na última quarta-feira (18), quando a equipe foi derrotada no jogo de ida por 3×1. A segunda partida ocorreu no sábado (21), no Ginásio da Barão, com a Apan necessitando da vitória para forçar o terceiro e decisivo jogo da série. A vitória foi confirmada após uma bela atuação coletiva, que rendeu o placar de 3×0 para Blumenau.

A terceira e decisiva partida ocorreu neste domingo (22), novamente em solo blumenauense. Entusiasmada com o bom retrospecto dentro de casa (5 triunfos em 5 confrontos), a torcida local marcou presença em bom número, como registrado em todas as partidas anteriores.

A partida do “tudo ou nada” foi marcada por momentos. O primeiro set não contou com uma boa apresentação da equipe mandante nos minutos iniciais; nem mesmo a reação apresentada foi suficiente para evitar a vitória dos visitantes por 26 a 24. Já no segundo set, Blumenau entusiasmou a torcida com uma excelente vitória por 25 a 12.

Tudo indicava mais uma vitória da Apan. O Foz, porém, não havia desistido da partida, e buscou mais um set para a conta: 25 a 22. Blumenau teria, novamente, que mostrar todo o poder de reação para sair de quadra classificada. Apesar da luta, o time comandado por André Donegá não conquistou o quarto set, sendo novamente derrotado por 25 a 22.

Tendo fechado a partida com 3 a 1 favoráveis, a equipe paranaense ficou com a vaga nas semifinais, demonstrando uma evolução significativa se comparada à campanha realizada na primeira fase. Agora, o Foz do Iguaçu terá a difícil tarefa de enfrentar o favorito ao título, Bento Vôlei. Na outra semifinal, Cruzeiro e Sesi batalham por uma vaga na finalíssima.

Para Blumenau, a campanha na Superliga B 2015 foi uma grande vitória. A equipe, que retornou às quadras para representar a cidade em uma competição nacional após anos três temporadas de ausência (o Soya/Blumenau abandonou a Superliga 2011/2012 visando melhorias estratégicas), já foi abraçada pela torcida local. Agora, a expectativa é de retornar para a competição nacional na próxima temporada.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome