Apagão atingiu 140 mil unidades consumidoras em SC

Linha de transmissão da Ceslesc (Guilherme Heidtmann Pinto)
Linha de transmissão da
Ceslesc (Guilherme
Heidtmann Pinto)

O apagão que atingiu 11 estados do país na tarde de segunda-feira (19) foi causado, segundo o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, por um problema técnico em uma linha de transmissão de Furnas, que faz a ligação Norte-Sul da rede da companhia administrada pelo Grupo Eletrobras.

Foram atingidos São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Distrito Federal. Cerca de 140 mil unidades consumidoras ficaram sem energia em território catarinense por 45 minutos.

O corte de 150 MW, equivalente a 3,7% da demanda no momento, foi realizado pela Celesc após determinação do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

Regiões atingidas por Agência Regional Celesc:

1 – Agência Blumenau (Vale do Itajaí) – 16.915 UCs atingidas
2 – Agência Chapecó (Oeste) – 7.058 UCs
3 – Agência Concórdia (Oeste) – 7.300 UCs
4 – Agência Criciúma (Sul) – 10.001UCs
5 – Agência Florianópolis (Grande Fpolis) – 25.625 UCs
6 – Agência Itajaí (Vale do Itajaí) – 15.028 UCS
7 – Agência Joaçaba (Meio Oeste) – 10.562 UCs
8 – Agência Joinville (Norte) – 32.898 UCs
9 – Agência Lages (Serra) – 10.243 UCs
10 – Agência Mafra (Planalto Norte) – 1.028 UCs
11 – Agência São Miguel do Oeste (Oeste) – 5.929 UCs
12 – Agência Tubarão (SUL) – 7 UCs
13 – Agência Videira (Meio Oeste) – 1.286 UCs

Total: 143.880 Unidades Consumidoras

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome