Anonymous promete guerra se limite de internet for aprovado

As redes sociais ficaram agitadas após o ministro ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, ter afirmado ontem (12) que a internet ilimitada na banda larga fixa fosse acaba.

A discussão em torno do tema começou no ano passado quando as operadores de internet afirmaram ser insustentável que os planos fossem ilimitados. A medida afetaria não só novos consumidores, mas também quem já tem.

Células do brasileiras do grupo de hackers Anonymous começaram a se movimentar em uma possível operação de ataque contra as operadores de internet.

O recado foi simples e direto “não se atrevam”. A imagem foi publicada em uma das páginas do grupo Anonymous Brasil no Facebook e teve mais de 25 mil curtidas e 12 mil compartilhamentos.

Ministro volta atrás

Já nesta sexta-feira o ministro Kassab voltou atrás e disse que o governo não pretende limitar a internet fixa dos brasileiros. Em nota, disse que “não haverá mudanças no modelo atual de planos de banda larga fixa, reiterando seu compromisso em atender o interesse da população e do consumidor”.

A posição foi a mesma do presidente da Anatel, Juarez Quadros, que defendeu a continuidade de consultar públicas sobre o tema e a medida cautelar que proibiu a modificação nos planos. “Repito o que já disse em audiência no Senado Federal: A Anatel não pretende modificar essa cautelar tão cedo”.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome