Agentes se negam a fazer hora extra no desfile e PM vai organizar trânsito

Os agentes de trânsito de Blumenau anunciaram na tarde desta quarta-feira (9) que não farão horas extras no primeiro desfile da Oktoberfest. Na prática, a medida inviabilizaria a logística do trânsito do desfile e na Vila Germânica.

Em medida emergencial, a Prefeitura solicitou apoio a Polícia Militar para colocar em pratica a organização do trânsito. Segundo a administração, a PM atendeu o pedido do prefeito Mário Hildebrandt para minimizar os impactos.

A Secretaria Municipal de Manutenção e Conservação Urbana fará a retirada dos cavaletes após o encerramento do desfile. A Prefeitura manifestou também que manterá e cumprirá os prazos previamente acordados com a comissão de negociação.

Ameaça de paralisação

Os agentes chegaram a afirmar que fariam paralisações ao longo do mês de outubro, mas o movimento foi suspenso na quarta-feira (2) pelo avançar das negociações de pautas trabalhistas com a Prefeitura de Blumenau.

A categoria tem demandas trabalhistas como periculosidade, dentre outras. As paralisações ocorreriam justamente em desfiles e dias de Oktoberfest. O movimento de hoje é uma forma de “protesto velado”, pois prejudica a organização.

Guarda Municipal de Trânsito - foto de Filipe Rosenbrock
Guarda Municipal de Trânsito – foto de Filipe Rosenbrock

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome