segunda-feira, 17 de junho de 2024
23 C
Blumenau

Acusado de matar companheira com canivete na frente dos filhos é condenado

O acusado de desferir golpes de canivete contra a companheira, agressões que lhe tiraram a vida, foi condenado nesta quarta-feira (5) a 28 anos de reclusão em regime fechado, em sessão do Tribunal do Júri da comarca de Blumenau.

O crime ocorreu em 28 de novembro de 2021 no bairro Fortaleza Alta. O Conselho de Sentença, formado por sete representantes da sociedade, reconheceu as qualificadoras de motivo fútil, recurso que dificultou a defesa da vítima e feminicídio.

O crime foi cometido na frente da mãe e dos filhos da vítima, o que também ocasionou aumento na pena. A sessão do Tribunal do Júri teve início às 9h e encerrou por volta das 15h30. A decisão é passível de recursos.

Tribunal do Júri em Blumenau
Tribunal do Júri em Blumenau

O crime

Segundo a denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), o casal, acompanhado de dois filhos menores e da genitora da vítima, retornava de uma confraternização quando iniciou uma discussão dentro do carro da família.

Com o veículo ainda em movimento, ele teria aplicado um mata-leão na mulher que estava no banco do carona e em seguida desferido golpes de canivete, que causaram ferimentos graves e levaram a vítima a óbito. Depois do crime, fugiu do local à pé.

Redação
Redação
Acompanhe nosso trabalho diariamente.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas