Ações de combate ao Aedes seguem em Blumenau

fe5f6b30dbb33fefb3d282db8178a4d5

A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o 23º Batalhão de Infantaria, segue com as ações para combater focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Durante as tardes dessa semana, equipes visitarão residências do bairro Fortaleza para identificar possíveis criadouros e orientar a comunidade sobre como evitar o acúmulo de água e a procriação do inseto, além da distribuição de material educativo. As 18 equipes são compostas por soldados do exército e agentes de combate a endemias.

Na ação realizada no último sábado, Dia Nacional de Mobilização Contra o Aedes, larvas do mosquito foram encontradas em um estabelecimento na região da Escola Agrícola, aumentando para 11 a quantidade de focos no município.

No último levantamento feito pela Vigilância Epidemiológica, Blumenau está com sete casos confirmados de dengue e um de chikungunya, todos importados, ou seja, a pessoa contraiu a doença em outra cidade ou estado. Ainda são aguardados os resultados de 51 exames de suspeita de dengue, dois de zika e seis de chikungunya.

A secretária de Saúde, Maria Regina de Souza Soar, ressalta a importância da população no combate ao mosquito “O poder público sozinho não consegue estar em todas as residências e comércios. Por isso é importante a participação de todos não só cuidando do seu quintal ou terreno, como ajudando e orientando familiares e vizinhos”.

As denúncias de possíveis locais de criadouros podem ser feitas pelo telefone da Ouvidoria da Saúde, o 3381-7770.

Com informações da Assessoria PMB

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome