4,9 milhões de empregos são perdidos no Brasil por conta do Covid-19

A pandemia do Covid-19 ocasionou a perda de 4,9 milhões de postos de trabalho no Brasil, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A desocupação cresceu para 12,6% no trimestre de fevereiro a abril.

Dos 4,9 milhões de desempregados, 3,7 milhões são de trabalhadores informais. O comércio perdeu 1,2 milhão de pessoas ocupadas; a construção, 885 mil; os serviços domésticos 727 mil, a maior queda desde que a série histórica.

O total de empregados com carteira assinada também teve queda recorde, recuando para 32,2 milhões, batendo o recorde negativo histórico.

Com 210 milhões de habitantes, o Brasil ultrapassou nesta quinta-feira (28) a marca de 26.417 casos de Covid-19. O governo estima que o PIB do Brasil cairá 4,7% em 2020, o que seria sua pior recessão anual em 120 anos.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome