Motorista do Jaguar terá de pagar pensão e despesas de vítimas

Viaturas no atendimento a acidente na BR-470 - foto de Jefferson Santos/Notícias Vale do Itajaí
Viaturas no atendimento a acidente na BR-470 – foto de Jefferson Santos/Notícias Vale do Itajaí

O motorista Evanio Wylyam Prestini, envolvido no acidente que resultou na morte de duas jovens em fevereiro, terá de pagar pensão à mãe de Suellen Hedler, uma das vítimas fatais, e despesas médicas de uma sobrevivente.

Publicidade

Uma das decisões prevê que a mãe de Suellen receba uma pensão mensal de R$ 815, já que a filha partilhava despesas. Outra determinação prevê o ressarcimento de despesas médicas e de fisioterapia a sobrevivente Maria Eduarda Kraemer.

A motorista do veículo das vítimas, Thainara Schwartz, pede a compensação pela perda do carro e de gastos com tratamentos, mas ainda não há decisão. As vítimas e familiares também pedem indenizações que superam R$ 2 milhões.

Relembre o caso

No dia 23 de fevereiro, após denúncia não averiguada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Evanio colidiu seu Jaguar com o Fiat Pálio onde estavam as vítimas. Suelen morreu no local e Amanda no hospital durante cirurgia.

Ele teve a prisão preventiva decretada um dia após o acidente e uma medida liminar negada no segundo grau. O MP solicitou ainda que seja submetido ao Tribunal do Júri, e, se condenado pelos crimes, pode ter uma pena superior a 40 anos.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome