Governo vai emprestar até R$ 30 mil para caminhoneiros autônomos

O Governo Federal anunciou ontem (16) em Brasília medidas para tentar conter uma nova greve dos caminhoneiros. Entre as medidas estão a destinação de R$ 2 bilhões para obras conclusão de obras de pavimentação e manutenção de rodovias, além de uma linha de crédito para caminhoneiros autônomos.

Publicidade

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disponibilizará R$ 500 milhões para a linha de crédito especial aos autônomos. Os recursos deverão ser usados para aquisição de pneus e manutenção dos veículos.

A linha de crédito deverá ser ofertada, inicialmente pelo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Cada caminhoneiro terá direito a R$ 30 mil para comprar pneus e fazer a manutenção dos seus veículos.

Outra pauta é o tabelamento do frete, na qual a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq), da Universidade de São Paulo, irá apresentar um novo modelo que será colocado em consulta pública posteriormente. A Esalq possui a maior base de dados sobre transporte de cargas no Brasil e está trabalhando com referências para todos os tipos de cargas e levando em consideração os tipos de custos.

Já sobre a política de preços da Petrobras, o Governo ressaltou a autonomia da estatal para definir os valores. Apesar de negar a intervenção, o mercado costuma reagir mal quando o governo interfere diretamente em uma estatal.

Ministro Tarcísio Freitas anunciou medidas para atender o setor de transporte de cargas do país - foto de - Antonio Cruz/Agência Brasil
Ministro Tarcísio Freitas anunciou medidas para atender o setor de transporte de cargas do país – foto de – Antonio Cruz/Agência Brasil

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome