Teuto e ítalos brasileiros contra o nazi-facismo

21 de fevereiro de 1945 – Tomada de Monte Castelo

Publicidade

Na Campanha contra o nazi-fascismo a FEB se distinguiu por capturar mais de 20 mil prisioneiros alemães e italianos. No final da guerra, mais de 900 Soldados da FEB tinham feito o sacrifício supremo, dando suas vidas. O Brasil foi o único país sul-americano a enviar tropas para lutar na Segunda Guerra Mundial.

De Blumenau, Santa Catarina, um contingente de 538 homens, entre teuto e ítalo-brasileiros, serraram fileiras para a formação da Força Expedicionária Brasileira, sendo que 6 (seis) de seus valorosos soldados tombaram no campo de batalha, lutando em prol da liberdade dos povos democráticos.

Blumenau rende homenagem aos Heróis da FEB com um monumento votivo na praça Fonte Luminosa.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome