Instabilidade do solo adia sequência de desassoreamento no Salto do Norte

As fortes chuvas que atingiram Blumenau no último fim de semana deixaram o solo encharcado na região do ribeirão Salto do Norte. Este foi o parecer das sondagens realizadas pela Secretaria de Conservação e Manutenção Urbana (Seurb). Em virtude dessa situação, por questão de segurança, os serviços de desassoreamento e limpeza do ribeirão tiveram que ser suspensos no início desta semana.

Segundo explica o secretário da pasta, Michael Schneider, novas análises deverão ocorrer ao longo dos próximos dias e os trabalhos serão retomados assim que as condições estiverem adequadas.

“O solo naquela região é muito argiloso, e as chuvas complicaram a situação. Então, tivemos que fazer essa pausa para a garantir a segurança das pessoas envolvidas nas execuções. Junto com a Defesa Civil, estamos avaliando a previsão do tempo para os próximos dias. Queremos retomar os serviços com a maior brevidade possível, mas precisamos que o terreno esteja estável”, afirma.

Pleiteado pela comunidade, o desassoreamento do ribeirão Salto do Norte tem como objetivo evitar a ocorrência de alagamentos em toda a sua extensão, inclusive no entorno das ruas Berta e Henrique Mette, mais atingidas pelas fortes chuvas recentes que caíram em Blumenau.

Trabalhos de desassoreamento do ribeirão Salto do Norte deve durar cerca de 30 dias, a depender das condições climáticas.
Trabalhos de desassoreamento do ribeirão Salto do Norte deve durar cerca de 30 dias, a depender das condições climáticas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here