Bitcoin bate recorde e já vale mais de R$ 40 mil


O mercado de ciptomoedas segue em plena ascensão e a principal, o Bitcoin, ultrapassou a marca de US$ 10 mil. Na manhã desta quarta-feira (29), o valor da moeda no índice brasileiro BRXBT era de R$ 42.606,32, já que a conversão da moeda para real tem uma cotação mais alta.

A escalada das moedas digitais tem surpreendido o mercado devido à sua velocidade. O valor do Bitcoin foi multiplicado 10 vezes em em um ano. A moeda virtual mais famosa foi criada em 2008 e usa a criptografia para dar privacidade total aos usuários.

O Bitcoin não é emitido por nenhum banco ou instituição financeira, mas sim por um programa de computador. Qualquer transação feita é checada computadores, que dão a autenticidade para a transação. Todas as movimentações estão registradas no chamado Blockchain, um livro de registro público.

Como investir?

A forma mais simples e direta de investimento nas moedas virtuais é a compra e venda. O princípio é simples: compre na baixa e venda na alta. Você pode adquirir uma fração de Bitcoin por R$ 50 ou mais em sites como Mercado Bitcoin ou Foxbit.

Outro método de investimento é a chamada mineração. Neste modelo, você paga um valor para uma empresa especializada “minerar” moedas, que nada mais é do que validar transações do Blockchain e descobrir novos blocos de moedas. Este tipo de investimento pode render entre 100% e 150% ao ano de forma segura.

É possível adquirir o chamado poder de mineração através de sites como Hashflare e Genesis Mining, duas empresas confiáveis no setor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here