F1 – Fernando Alonso bate forte e é internado

Alonso escapa e bate forte na curva quatro (Reprodução TV)
Alonso escapa e bate forte na curva quatro (Reprodução TV)

Um momento de tensão em Barcelona neste último domingo (22). Faltando poucos minutos para o fim dos treinos no período da manhã, Fernando Alonso perdeu o controle do McLaren na curva quatro do autódromo catalão e acertou violentamente o muro. Com tontura e uma certa confusão, Alonso precisou ser retirado para o centro médico das proximidades, mas segundo as últimas informações vindas da Espanha, o piloto passa bem.

O acidente teria ocorrido por volta das 13h20, horário local (9h20, hora de Brasília). As câmeras de TV não conseguiram registrar o acidente no momento e apenas uma foto mostra a pancada dada pelo espanhol no muro da curva quatro. Não se sabe exatamente o que causou o acidente, mas a hipótese mais provável foi de erro do próprio Alonso, já que aparentemente o MP4/30 escapou em cima da zebra da curva três.

Alonso foi levado de helicóptero para o centro médico das proximidades (Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Alonso foi levado de helicóptero para o centro médico das proximidades (Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

O espanhol foi levado de helicóptero para o centro médico, seguindo os procedimentos padrões de segurança, segundo a assessoria da FIA. A Mclaren confirmou a tarde que Alonso não sofreu lesões, mas deve permanecer internado até esta manhã de segunda-feira (23/02) em observação.

A última sessão de testes da temporada inicia na próxima quinta-feira (26/02), no mesmo Circuito da Catalunha, em Barcelona. Depois disto, a F1 só retorna, e pra valer, na pista de Melbourne, Austrália, para a abertura da temporada 2015, no dia 28 de março.

Rapidinhas:

– Mais um dia de testes em Barcelona, e mais uma vez a Lotus mostra destaque na bateria de treinos. Depois de Maldonado, foi a vez de Romain Grosjean terminar o dia em primeiro lugar, provando definitivamente que a equipe tem um ótimo conjunto para voltar a andar entre os primeiros nesta temporada.

Grosjean termina em primeiro no domingo e mostra o potencial da Lotus (F1)
Grosjean termina em primeiro no domingo e mostra o potencial da Lotus (F1)

– Em segundo, Nico Rosberg foi o responsável pelo “sinal de aviso” da Merecedes para as outras equipes. Seu tempo foi alguns poucos centésimos mais lento que o de Grosjean, e foram feitos com pneus médios enquanto o francês cravou o tempo com supermacios. O time alemão, apesar de discreto, mostrou que tem muito mais a mostrar e, pelo jeito, ameaça dominar a F1 como o fez em 2014.

Nico Rosberg dá o recado, a Mercedes pode mais (Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
Nico Rosberg dá o recado, a Mercedes pode mais (Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome