Entenda como surgiu o conflito entre Israel e árabes-palestinos

O povo israelense já habitava o seu atual território há cerca de dois mil anos atrás. Mas Israel foi subjugada por outras nações e o seu povo foi disperso pelo mundo em duas oportunidades. Segundo a Bíblia, essa era a terra prometida ao povo hebreu mas a segunda queda foi consequência do povo judeu ter negado seu filho de Deus, Jesus.

Durante a segunda diáspora judaica, eles foram perseguidos em todos os lugares em que tentaram viver, inclusive pela Igreja Católica na Europa e até pelos portugueses quando tentaram se fixar no nordeste brasileiro. Na segunda guerra mundial, este ódio se traduziu em um extermínio de seis milhões de judeus.

Foi então que a ONU e a Inglaterra decidiram recriar Israel pela terceira vez. Mas o território já era ocupado por tribos palestinas, e mesmo eles nunca tendo existido como país foi pactuado que existiriam duas nações, uma de judeus e outra de palestinos.

Mas os países árabes não aceitaram o estado judeu e com apoio dos palestinos, Egito, Síria, Iraque, Jordânia, Líbano e Arábia Saudita atacaram Israel. Porém o nanico e recém criado estado venceu a guerra e tomou territórios que seriam outro estado. O resultado foi uma guerra que se estende até hoje entre palestinos e judeus.

Família judia tenta se proteger atrás de um carro após alerta de ataque na cidade de Kiryat Malachai, no sul de Israel (Jim Hollander/Efe)
Família judia tenta se proteger atrás de um carro após alerta de ataque na cidade de Kiryat Malachai, no sul de Israel (Jim Hollander/Efe)

Para por fim as guerras, em 2005 Israel decidiu ceder a Faixa de Gaza e parte da Cisjordânia, territórios que pertenceriam ao estado palestino. Mas o Hamas, um partido de milicianos terroristas, tomou o controle político de Gaza e desde então vem lançando foguetes contra Israel, pois seu objetivo é “a instauração de um Estado palestino abrangendo toda a Palestina histórica”. Em sua carta de princípios prega a criação de um Estado palestino islâmico e portanto a extinção do estado judeu.

Israel é a única nação de judeus do mundo e só tem um quinto do território de Santa Catarina. É a única democracia do oriente médio e 16% de seu eleitorado é árabe. Já os árabes estão espalhados por 22 países em um território imenso que se estende por continentes com uma população 41 vezes maior.

10 COMENTÁRIOS

  1. Nao adianta, ISRAEL nunca sera vencido, é uma Nação propriedade de Deus.
    todos os seus inimigos como: Palestina, Mulçumanos, Arabes, e outros serao destruido e aniquilados pelo Senhor Deus o Todo Poderoso.

  2. Deus o criador em tua bondade e amor criou uma terra prospera e rica e abençoada terra q corre leite e mel e deu ao o homem criado a sua semelhança se esse povo se uni-se seriam todos prosperos e com farturas e so eles aceitarem a seu filho Jesus Cristo e q so a um unico Deus vivo entao receberao as promessas e tambem a vida eterna pq Deus nao quer q nenhuma alma se perca Deus ama vcs

  3. Os Arabes são decendentes de Ismael filho mas velho do patriarca abraão;porem Isaque erdol tudo á terra de canaã;ficando á Arabia saldita primos legitimos de Israel brigão pela posse do imenso território rico em petroleo;porem os palestinos são os antigos filisteus que opriam os filhos de Israel,como foi citado eles querem retomar ás antigas cidades como Rahifa Jerusalem Ebrom jordania que era antiga cidade de Jerico.
    Falam por ai que á brigas e ódio nascel por o filho de abraão Ismael ter cido espulso da casa paternal enquanto Isaque filho erdeiro dono de tudo 10 anos mas novo ficou com tudo;segundo á Biblia Isaque erdol tudo de Abraão e os outros filhos mas novos receberam presentes e Ismael Irmão de Isaque mas velho 10 anos não erdol nada do pai.
    esse ódio pode te horigens no inicio de tudo referente erança não dividida legalmente.
    Os antigos luta pela retomadas das antigas cidades até os dia de hoje já com o nome de Gaza que era o nome do seu rei Gate antigo rei da filistia.

  4. Que Deus faça desse dois países um país com paz muita paz lembrando que a água é para todos e o petróleo é para a manutenção de todos, lembrando que os países vizinhos fazem o terro em oculto investindo com suas teorias, filosofias e ideologias mostrando algo que muitas as vezes não é isto faz parte desta guerra neste lado do mundo o Oriente médio lembro o vaticano não pode resolver mais Deus criador de todos e de tudo pode e vai resolver por que ele tem poder para fazer parar o que iniciaram uma guerra e uma destruição em massa o Deus que criou israel também criou a palestina e o Brasil esse Deus é verdadeiro e vem te buscar ou tu vais ao encontro dele ele é fiel. Deus.

  5. Jugar todos pensar esta questão mais sabemos que só Deus e os homens sábios para mudar essa história no oriente médio estamos precisando de pessoas que ajude e não complique lembrando que as religiões vivem de abusar da bondade de Deus, como diz a Bíblia os verdadeiros adoradores adorarão em espirito e em verdade a um único criador e mediador entre Deus e o Homem isto sim faz de uma nação prosperar e mostra igualdade social, e direitos iguais para todos que pensam em si e nos outros isto sim fara de israel e palestinos uma nação com objetivos iguais só com Deus e jesus cristo que esta história vai muda não só estes países mais o mundo.

  6. É difícil em acreditar em um tal de vaticano, eu não consigo acreditar em um lugar que faz contrabando de camisinha e , pior cocaína. quem é estas pessoas para julgar os árabes e palestinos e os similares ??? Quem vai investigar as confiscações de terras e bens , que a igreja católica fez nos séculos anteriores ?????

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here