Napoleão precisa descer pra conversar na figueira

7500641
JPK (Clic RBS)

João Paulo Kleinübing (PSD) nunca foi um prefeito amado pela cidade. A pequena estatura e o sorriso fechado o transformaram em uma figura icônica. Mas uma coisa que ela tinha era atitude para enfrentar os problemas publicamente

Quando o Sindicato Único dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Blumenau (Sintraseb) declarou greve e não arredou o pé, o baixinho desceu na praça da figueira, pátio da prefeitura e, mesmo vaiado, teve atitude e contornou a situação.

Já seu sucessor, Napoleão Bernardes (PSDB), mergulhou em um caminho que pode não ter volta: confrontar os servidores. Sua intenção foi a demonstrar que as reivindicações são impossíveis de se alcançar e de que o Sintraseb está manobrando os grevistas para o confronto.

Napoleão (Reprodução)
Napoleão (Reprodução)

Será que confrontar as reivindicações por vídeos no facebook foi a melhor escolha? Porque tantas entrevistas e publicações? Essas atitudes não vão convencer os atores dessa situação, os servidores. Já passou da hora de o prefeito descer na figueira e conversar com os servidores.

O Sintraseb de fato tem intenções políticas bem definidas, o que atrapalha muito. Mas antes de um sindicato, temos 3,5 mil servidores esperando para conversar com o prefeito na sua casa, a prefeitura. Se Napoleão tomar essa atitude, além de vaias, vai ganhar o respeito dos servidores.

Este é a opinião editorial do veículo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here