Qual é a real eficiência do programa Mais Médicos?

Importar médicos estrangeiros, ou mesmo levar os brasileiros para áreas com mais necessidades, irá resolver a questão? Até agora, tudo o que o Governo Federal fez foi jogar a população contra os médicos do país. Os profissionais de medicina brasileiros passaram a ser vistos como mercenários, afinal, é preciso importar médicos, já que os nossos não querem trabalhar em lugares menos favorecidos. Como se fosse um absurdo não querer ir para lugares sem a infraestrutura necessária, nem garantias de trabalho, e muitas vezes recebendo calotes.

Se o Governo estivesse realmente preocupado com o tema, faria investimentos para deixar a situação mais atrativa;  assim, os profissionais da área preencheriam as lacunas, pois se sentiriam tentados a trabalhar nesses lugares, abraçando o desafio. Jogar um médico estrangeiro num local sem nenhuma condição de trabalho, ou sem o exame do Revalida, definitivamente, não é a solução. A ação mostra-se claramente como eleitoreira, sendo apenas uma jogada de marketing. Precisam de saúde? Aqui estão os médicos.

Médicos Cubanos
Médicos Cubanos

E, ao trazer os profissionais cubanos, ainda estamos financiando uma ditadura sanguinária, e tratando esses médicos como mercadorias. Este fato já seria o suficiente para tirar qualquer credibilidade do programa. Blumenau havia baixado decreto não permitindo que médicos estrangeiros participassem sem passar pelo Exame Nacional de Revalidação de Diplomas e, como resposta, a cidade foi suspensa do programa pelo Ministério da Saúde, que não permitia nem a vinda dos médicos brasileiros para a cidade. Para ser reintegrado ao programa, o decreto foi revogado.

Porém esse tipo de confronto se alastra pelo país. Recentemente, o presidente do Conselho Regional de Medicina do Paraná, Alexandre Bley, se demitiu do cargo, para não ter que assinar os registros provisórios dos médicos formados no exterior. Desta forma cria-se um clima hostil entre cidadãos e médicos. Uns por acharem que os médicos brasileiros só pensam em dinheiro e outros por acharem que os médicos estrangeiros não estão bem preparados, já que não passaram pelo exame de Revalidação.

E assim o problema da Saúde não será sanado e ainda teremos uma relação ruim entre médicos e pacientes. Isso não é eficiência.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome