quinta-feira, 29 de setembro de 2022
15.4 C
Blumenau

17 de fevereiro

Igual a chuva que caía no deserto esse era (é) (será) o seu objetivo, ele queria ser o santo, o demônio, a treva, a chuva, a seca, mas hoje não, hoje conhecia o seu filho, o legado. Hoje ele não queria o bem, nem o mal, não queria andar, queria vagar, nem pro breu nem para luz, queria regar o capim que alimenta a vida.

A vida, para ele, era um monstro a ser domado, mas hoje não, hoje era o sentimento, era o romance, era a espera da morte, era o cair da folha, era a sacola jogada ao vento com tentativas fracassadas de voar

Felipe Gabriel Schultze
Felipe Gabriel Schultze
Formado em Direito, escreveu os livros 'Federalismo Brasileiro' e 'Sede de Liberdade'. Escreve sobre reflexos do cotidiano.
+ notícias

Últimas notícias

- publicidade -

Mais lidas