150 profissionais da saúde serão treinados contra o Ebola

Uma epidemia de Ebola no continente africano já vitimou mais de mil pessoas. No Brasil nenhum caso foi registrado até o momento, mas a Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Blumenau vai promover uma capacitação de profissionais contra o vírus.

Equipe do Médicos sem fronteira na Serra Leoa (IRIN/Tommy Trenchard)
Equipe do Médicos sem fronteira trabalha
na Serra Leoa (IRIN/Tommy Trenchard)

“Cinco países já registraram a epidemia de Ebola e isto já é considerado um problema de saúde pública pela Organização Mundial de Saúde (OMS)” destacou Ivonete dos Santos, gerente da Vigilância.

Um médico infectologista irá orientar cerca de 150 profissionais da rede pública de saúde de Blumenau contra vírus na sexta-feira (26). A rede privada também pode participar. A capacitação acontece na Escola Técnica do Sistema Único de Saúde na rua Dois de Setembro, 1.510, Itoupava Norte, a partir das 13h30.

“Os sintomas do Ebola são parecidos com doenças como malária e dengue, então é essencial que o profissional da saúde esteja preparado para diagnosticar essa doença. Este vírus pode se espalhar rapidamente se for não controlado” ressaltou Ivonete.

Apesar da epidemia no continente africano, Ivonete acredita que não há motivo para pânico já que o Brasil e Blumenau tem estrutura para conter um surto da doença. “Se um caso for registrado em qualquer lugar do país, um alerta é emitido e equipes são mobilizas”, finalizou.

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome