segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Coisas de Blumenau

Não esqueço do primeiro desfile da Oktober que vi. Foi em 2010. Flores, cores, sorrisos, carros tão diferentes quanto engraçados. Música tradicional e as...

Meus relógios sem pilhas

Sempre gostei de relógios, tenho em minha gaveta dois modelos completamente diferentes. O Relógio que uso para enfrentar os perrengues cotidianos é de pulseira...

De camponeses trentinos a ítalo-brasileiros – final

Os pioneiros da colonização italiana em Blumenau eram compactamente do credo católico. Providos das montanhas e dos “paeselli” (países) do Norte da Itália, não...

De camponeses trentinos a ítalo-brasileiros – parte II

Nos anos posteriores a 1873 os acontecimentos ao fenômeno migratório se precipitaram. “O sonho americano” se espalhou como óleo sobre água. Os jornais trentinos falavam...

De camponeses trentinos a ítalo-brasileiros

Da Islândia a Grécia, da Rússia à Dinamarca, toda a Europa foi sacudida por um frenesi emigratório no século XIX, que levou dezenas de...

Quando o amor não é mais servido, partimos para a sobremesa?

Amor, a maior ostentação que existe. Os gregos acreditavam que o ser humano era feito de oito mãos e oito pernas, porém, por obra...

Aqueles que deixamos para trás

"As pessoas próximas aos depressivos tem expectativa de que eles logo se recompunham: nossa sociedade tem pouco espaço para lamúrias".  A frase é de...

Barragem Norte: Vale do Itajaí refém da incompetência

Um milhão e meio de pessoas foram feitas reféns da incompetência de autoridades estaduais e federais durante a enchente desta semana. A principal barragem...

De Amargo, só o chocolate

Jô era daquelas pessoas imponentes: batia na mesa, chamava palavrões e dava ordens tão firmes quanto sua calça jeans. Quando queria, era extremamente divertido...

Últimas publicações

Mais lidas

error: Conteúdo protegido!